Com a palavra, Roberto Alvim – Parte II

Continuando a transcrição da palestra do diretor e dramaturgo carioca. Para quem não conferiu, segue a Parte I

“Eu uso esses três exemplos porque a gente volta muito sempre numa questão de tradição e de ruptura de tradição, quando na verdade o teatro, por tradição, trabalha sempre dentro da ruptura. Se pensarmos melhor, podemos redefinir o tempo para: desdobramentos, diálogos, republicações e deslocamentos do que se fazia anteriormente. A gente pode tentar definir uma obra de arte como um sistema complexo de relações formais construídos em diálogo com sistemas anteriores. Então é óbvio que quando a gente constrói um sistema complexo de relações formais hoje, a gente só constrói em diálogo com toda a história do teatro anterior. E a gente constrói esse sistema deslocando, resignificando, utilizando estratégias usadas anteriormente. Então não se trata de rupturas, se trata de desdobramentos da tradição, o tempo todo.

Ontem, eu respondi uma pergunta de um jornal aqui da cidade, O Diário, e o jornalista então me perguntou se os autores hoje ainda dialogavam muito com os autores clássicos ou se estavam trabalhando na ruptura com as tradicionais formas dentro do teatro. Na verdade, a gente tem que perceber que os autores que a gente chama hoje de clássicos, quando surgiram, eram autores de ruptura. Se vocês pensarem antes no senhor William Shakespeare, um autor que foi defenestrado no século seguinte como um exemplo de um péssimo autor porque ele não trabalhava dentro do esquema hegemônico na época que era o esquema do classicismo francês. Ele rompia completamente com o esquema do classicismo francês. Então é um autor que só foi reabilitado e visto como um grande autor dois séculos depois do seu surgimento. Então era um autor de ruptura.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: