O legado de Roberto Alvim

Durante os oito minutos em que a cerimonialista Rosana de Mello Muriana esteve de pé apresentando o trabalho cultural do Sesi e o currículo do palestrante, Roberto Alvim abandonava a postura tímida de quando surgiu próximo à mesa de salgados e bebidas, minutos antes.

Expressivo e articulado, Alvim mudava da crítica para o riso com a facilidade de quem domina a própria capacidade de apresentar e representar. Professor, dramaturgo, diretor e palestrante, carregava um sotaque carioca puxado no “R” e transformando “S” em “X”, enquanto falava sobre ruptura no campo da arte – talvez sua grande bandeira – por mais de duas horas, para um público que não chegava a quinze pessoas.

Mas para ele não tem importância. “Meu teatro só tem sessenta lugares e eu gosto de falar para sessenta pessoas”, disse, referindo-se ao teatro que possui na Rua Augusta, á uma quadra da Praça Roosevelt, berço da dramaturgia paulista. Esse desinteresse pela opinião massiva esteve presente durante todo o seu discurso, não como arrogância elitista, mas como caminho para valorização da singularidade de impressão do homem enquanto público.

No alto de seus trinta e sete anos, arcado e com um indício de fios brancos nas têmporas, Alvim esquadrinhou conceitos como “cultura” e “arte” legitimando, principalmente, a postura inovadora da criação artística, a sua postura inovadora na criação artística. Dono de um legado expressivo, hoje o Alvim de camisa listrada e cavanhaque é sinônimo de futuro, amanhã, quem sabe, vire adjetivo.

Para não correr o risco de me perder, vou transcrever alguns trechos de sua aula sobre o papel do dramaturgo no teatro contemporâneo. Acompanhem.

Anúncios

2 respostas para “O legado de Roberto Alvim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: